Algum pica grossa da faculdade disse que o curso de Ciência da Computação deveria ter aulas de Gestão e Empreendedorismo, ou então foi só o MEC mesmo, e agora eu tenho essa aula toda sexta-feira!

Tem cara de aula bônus, daquelas que você tem 99,9% de certeza que vai passar sem fazer muita força. E as vezes é até legal, sendo assim, pode até surpreender! Um exemplo? Na primeira ou segunda aula do ano a professora passou “Doze Homens e uma Sentença“, filme de 1957.

O longa dirigido pelo Sidney Lumet (que morreu no ano passado) se desenrola praticamente em um único cenário, a sala onde os jurados dicidem a culpa do réu. O acusado é um garoto de apenas 18 anos, o crime é o assassinato do pai e os 12 homens juntos naquela sala equeivalem a Deus. Sabendo disso, já dá pra imaginar que o filme se sustenta na narrativa, e funciona muito bem! Onze jurados consideram o garoto culpado logo na primeira votação. Quase unânime, a não ser pelo personagem do Henry Fonda que decide dúvidar e debater… Você não se relaciona com os personagens por nome, mas sim pelos aspectos de suas personalidades, o estupido, o observador, o indiferente, ignorante e por aí vai!

Já me estendi demais, então vamos ao assunto, ou melhor, a aula de hoje.

A professora deu um questionário para auto-avaliação do perfil empreendedor, foram 30 itens que deveriam ser assinalados entre uma escala de 1 a 5, sendo de insuficiente a excelente! A soma desses itens (ex. comprometimendo, tolerância, criatividade e liderança) diriam se você leva jeito, pode levar jeito ou não tem jeito nenhum pra empreender algo!

Mas a graça da aula estava na segunda parte, onde a professora (que me fugiu o nome) pediu pra que listássemos (três) coisas que gostariamos de já ter realizado quando chegassemos aos setenta anos. Isso mesmo, 70 ANOS! Depois o mesmo pra daqui 7 e por último 6 metas para a vida toda. Essa última não poderia repetir as metas dos 70 nem dos 7 anos… Vamos as minhas.

(Três) Metas realizadas quando tiver 70 anos:

  • Terei vendido meu Del Rey azul, ano 89: Faz um ano que ele está com uma placa de venda e só apareceu dois interessados… É muito difícil vender um carro que quando seu pai te deu, a primeira coisa que pensou foi: “quem eu vou comer com isso aí?
  • Uma biblioteca com muitos livros e HQ’s já lidas: Ganhei o Duna no fim de 2010 e só agora que comecei a ler. E tenho pelo menos mais 2 livros na fila. E isso sempre me acontece, talvez seja justamente pelo fato de pausar a leitura pra devorar alguns quadrinhos… Bom, quero uma biblioteca (mesmo que modesta) de coisas que usei!
  • Título de mestrado: Uma vez, numa livraria qualquer, eu li um trecho do livro Piadas Nerds (que eu não comprei) onde um dos idealizadores da bagaça comentava o auê em cima do título de doutorado. Eu divido da mesma opinião, que é o fato do doutorado vir depois do mestrado, quando deveria ser o contrário! Era pro mestrado ser o título mais foda, e o motivo é simples, nós falamos Mestre Yoda e não Doutor Yoda! Mestre Splinter, Mestre dos Magos… Não preciso dizer mais nada!

Agora o mesmo pra daqui 7 anos:

  • Continuar sem um filho: Porque apesar de achar legal a idéia de ter um padawan, ter um filho é caro, coisa de luxo!
  • Continuar sem uma filha: Barbie é coisa babaca e cara, e ela vai querer ganhar uma, duas ou mais por ano, dificilmente não! Enquanto que o garoto você consegue tapear com uma bola ou um Hotwheels sem pista mesmo!
  • Continuar com todos os meus hobby’s: São eles: ação, guerra, aventura, esportes… Todos praticados no video game!

E por último, as 6 metas para toda a vida:

  • Viver até os 70 anos ou mais: Porque mesmo com a expectativa de vida aumento aumento a cada década, parece que ta foda chegar nos sessenta sem turbulência!
  • Viver até os 70 anos ou mais, sem impotência: Deve ser complicado não poder contar nem com um fap fap!
  • Viver até os 70 anos ou mais, sem câncer: Essa merda parece que está na moda, todo mundo tem!
  • Viver até os 70 anos ou mais, sem um AVC: Imagina só se, por conta disso, eu tiver que usar fralda! Além do mais, eu gosto do meu cérebro.
  • Viver até os 70 anos ou mais, sem alzheimer: Já sofro com a falta de memória, imagina só com a inexistência dela!
  • Viver até os 70 anos ou mais, sem perder o bom humor: Sorrir é lega, dar risada é muito mais!

Assistam o filme, preto e branco, ritimo bom, atuações boas, coisa fina!

Vou dormir… E obrigado pelos peixes! =)

Anúncios